Em menos de um ano, Pix já ultrapassa TED e DOC

Menos de um ano e já dominou tudo. Afinal, quem gosta de burocracia? Campos Neto comenta sobre o Pix em evento.
Celular-com-site-do-Banco-Central-do-Brasil-aberto-da-página-sobre-o-PIX

O recorde de transações diárias via Pix, segundo o Banco Central, foi registrado nesta semana com quase 30 milhões de transações.

Em evento sobre cooperativismo, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que aproximadamente 73 milhões de brasileiros já usaram o Pix.

No evento, promovido pelo Instituto Federal Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central, Campos Neto ressalta que as transferências via Pix já são, em número, maior do que as realizadas por outros meios como TEDs, DOCs, entre outros.

“Nos últimos meses, a quantidade de Pix superou a quantidade de TEDs, DOCs, cheques e boletos somados em número de operações”

Roberto Campos Neto

O Pix Saque e o Pix Troco, anunciado recentemente pelo Banco Central, também farão parte dessa expansão, embora suas previsões sejam incertas. Isso sem contar os projetos para cartão físico “Cartão PIX”, para implementação do “Pix Offline”, também do BC.

O Banco Central, segundo Campos Neto, ainda no evento, tem uma enorme expectativa quanto à entrega mais relevante para o segmento do cooperativismo. No caso, ele se refere à modernização do marco legal das cooperativas de crédito no Brasil.

O que é o marco legal das cooperativas de crédito no Brasil?

Basicamente é uma lei que reconhece cooperativas de crédito como instituições financeiras. Isso permite que as cooperativas de crédito possam atuar no mercado financeiro da mesma forma que os bancos.

Segundo portais, a atualização da lei das Coperativas de crédito, que é de 2009, é uma das prioridades do setor.

Inscreva-se na nossa newsletter!