Dólar impõe ao euro maior derrota em décadas

Com o resultado desta quarta-feira, o euro chega ao menor patamar em 20 anos frente ao dólar
Imagem de dólar e euro

Há um turbilhão de variações no mercado global. Por isso o ADM veio fazer o seu amigo leitor cantar: “E o motivo todo mundo já conhece, por que o dólar sobe, e o euro desce”.

Dólar vs Euro: o fight da crise

Na manhã desta quarta-feira (06), a moeda dos EUA está impondo uma séria derrota à moeda utilizada pela União Européia. Por volta das 11h30, cada euro poderia se transformar com a mágica da conversão em aproximadamente 1,01 dólar americano.

Com a queda no momento de cerca de 0,84%, o euro enfrenta a sua pior cotação frente ao dólar desde o final de 2002. Contudo, dado o cenário global, o ADM vem mostrar como a relação entre as importantes moedas pode ficar ainda mais estreita.

Leia mais:

Banco Central britânico acionou o alerta de tempestade

Citi faz previsão curiosa sobre preço do petróleo

Paga essa explicação em euro, por favor!

A história da moeda começa com a ideia de unificar as políticas monetárias do continente europeu. Nesse sentido, desde 1 de janeiro de 1999 que o euro é utilizado sob o pretexto de facilitar as transações entre governos, empresas e consumidores na região.

Atualmente, cerca de 340 milhões de pessoas em 19 países utilizam o euro como moeda oficial. Portanto, por se tratar da forma de troca comum aos países da chamada Zona do Euro, o cenário na região é determinante para a força, ou neste caso, fraqueza, da moeda.

Mas por que o euro está caindo? 

Neste momento, o principal termo que se deve ter atenção para estar bem informado no que diz respeito à relação entre o dólar e o euro é “recessão”. O medo de uma crise global, e como os países têm se comportado, são os motivos que fazem o dólar estar triunfando.

Desde que as análises pós-pandêmicas começaram a sair que a situação na Europa têm se mostrado crítica. Por exemplo, além da crise do petróleo, o crescimento da economia por lá tem recuado, surpreendendo negativamente, o que tem feito a moeda perder muita força.

Por outro lado, os EUA vem lidando com seus problemas aumentando sua taxa básica de juros. Com isso, eles sinalizam ao mundo que está valendo a pena investir nos títulos do país, o que faz o dólar se tornar mais atraente do que outras moedas, como o euro.

Inscreva-se na nossa newsletter!