Início » Economia » Desemprego cai para 12,6% no 3° trimestre no Brasil, diz IBGE

Desemprego cai para 12,6% no 3° trimestre no Brasil, diz IBGE

Essa é a primeira vez desde abril de 2020 que a taxa fica abaixo de 13%
Desemprego cai para 12,6% no 3° trimestre no Brasil, diz IBGE
(Foto: Reprodução/Getty)

A taxa de desemprego caiu para 12,6% no trimestre entre julho a setembro de 2021, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (30). Com isso, a falta de trabalho atinge 13,5 milhões de pessoas no Brasil.

Em comparação com o trimestre anterior, entre abril a junho, a taxa indica uma queda de 1,6 ponto percentual. Já na comparação anual, o desemprego era de 14,9% entre julho a setembro de 2020, o que mostra uma variação negativa de 2,2 pontos.

Essa é a primeira vez desde abril de 2020 que o desemprego no Brasil fica abaixo de 13%.

Rendimento e informalidade

Enquanto a taxa de desemprego diminuiu, o rendimento médio do brasileiro também continua em baixa. A renda média, descontada a inflação, ficou em R$ 2.459 no período, o que indica uma queda de 4% em relação ao trimestre anterior e 11,1% na comparação anual.

Além disso, esse é o menor rendimento médio desde o final de 2012. Em meio ao aumento da inflação, isso indica que os profissionais brasileiros estão ocupando cargos com salários cada vez menores, segundo o IBGE.

O levantamento do IBGE mostrou ainda que o número de trabalhadores informais atingiu 40,6% no terceiro trimestre .Com isso, 38 milhões de brasileiros ainda trabalham sem carteira assinada ou sem CNPJ.

Quais são os impactos disso?

Mesmo com a redução do rendimento médio, a queda do desemprego traz um ar de alívio para a economia brasileira. A taxa sinaliza uma recuperação após os fortes impactos da pandemia, em meio à reabertura do comércio.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp