Copom entra na sala para definir futuro da Taxa Selic

Além da nova Selic, o resultado da reunião que inicia hoje trará o clima para os investimentos no país
Vista de fora do prédio do Banco Central, simbolizando Copom e Taxa Selic

Diante do cenário não muito agradável no país, o Copom agora abre as apostas para os corajosos que quiserem prever como ficará a Taxa Selic. Palpites?

O que tem pra mim Copom?

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), iniciou hoje (02) a reunião que definirá o futuro da taxa básica de juros do país, a Taxa Selic. Atualmente, a taxa está fixada em 13,25% e vem de onze altas consecutivas.

Contudo, apesar de prever uma alta de 0,5%, o mercado tem avaliado que é possível que os apertos na taxa podem estar com os dias contados. Portanto, será a divulgação do resultado amanhã (03), que dirá qual a temperatura do cenário econômico no Brasil.

Leia mais:

China, EUA e Taiwan protagonizam sérias tensões militares

PMI da indústria no Brasil cai em julho, mas setor ainda avança

O que a Taxa Selic faz?

É só abrir o super portal da The Compass, que começam pipocar notícias de como a alta dos preços tem sido caótica tanto no Brasil como no mundo. Nesse sentido, para conter a escalada da inflação, os governos têm suado a camisa e buscado agir como podem.

E é a partir daí que as taxas de juros começam a fazer seu nome. Primeiramente, podemos entendê-la como a ferramenta que os Bancos Centrais sacam para aumentar o custo do dinheiro no país, forçando a redução no consumo, o que alivia as pressões da inflação.

Esse tal “aumento do custo do dinheiro” ocorre pois a alta na taxa serve como referência para empréstimos e financiamentos. Ou seja, por um lado, força o recuo no consumo, por outro, aumenta o estímulo para os que emprestam, ao aumentar a rentabilidade dessas operações.

De onde vem as previsões?

Apesar da inflação estar desacelerando, o país acumula 5,49% de alta desde janeiro, já tendo estourando o limite do BC que era de 5%. Portanto, já que é o cenário inflacionário que pressiona a taxa, dá para sacar o motivo dos analistas preverem alta na Selic à frente. 

No entanto, é na tendência dos preços estarem caindo que o mercado também avalia que o pior pode já estar passando. Agora, cabe aguardar e ver como o Copom sairá da sala de reunião. Além de saber como ficará a Selic, valerá à pena tentar ler qual o tom daqui pra frente.

Inscreva-se na nossa newsletter!