Início » Economia » Brasil cria mais de 280 mil vagas formais de emprego em maio

Brasil cria mais de 280 mil vagas formais de emprego em maio

A região sudeste liderou o saldo positivo de novos postos de trabalho.
carteira-de-trabalho
(Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)

O Brasil criou 280.666 vagas de emprego com carteira assinada em maio, de acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Economia na última quinta-feira (1). O saldo positivo é resultado de 1.548.715 contratações e 1.268.049 demissões registradas ao longo do mês. 

Com os novos postos de trabalho criados, o número total de empregos com carteira assinada no país atingiu 40.596.340 em maio, com uma alta de 0,7% quando comparado ao mês de abril.

Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), um relatório mensal criado para monitorar as movimentações das vagas formais, com carteira assinada, no Brasil.

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, os números indicam uma recuperação da economia brasileira.

“A economia brasileira continua surpreendendo. [Mais de] 280 mil novos empregos criados em maio, completando, nos primeiros cinco meses do ano, 1,2 milhão de novos empregos. Importante também registrar que todas as regiões, todos os setores e todos os estados registraram a criação de novos empregos. Ou seja, é um processo bastante abrangente. É a economia brasileira se levantando”

Paulo Guedes

Quais setores se desempenharam melhor?

O saldo positivo de vagas em maio é um reflexo do bom desempenho dos cinco principais setores da economia brasileira.

Isso porque todos eles geraram mais vagas do que demissões neste período. O destaque, no entanto, é do segmento de serviços, com 110.956 novos postos de trabalho no mês. Além disso, estes são os números dos outros setores: 

  • Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas: +60.480 vagas
  • Indústria geral: +44.146 vagas
  • Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura: +42.526 vagas
  • Construção: +22.611 vagas

E quais regiões do Brasil geraram mais vagas?

Da mesma forma que os cinco principais setores tiveram saldos positivos, todas as regiões brasileiras também registraram mais contratações do que desligamentos em maio. Confira: 

  • Sudeste: +161.767 vagas
  • Nordeste +37.266 vagas
  • Sul: +36.929 vagas
  • Centro-Oeste: +26.926 vagas
  • Norte: +17.800 vagas

Salários menores  

Apesar da criação de novas vagas, quem chegou ao mercado de trabalho em maio pode ter se deparado com salários menores.

O valor médio dos salários de contratação no período caiu 4% quando comparado ao mês anterior. A variação negativa fez com que a média salarial fosse de R$ 1.797 no período.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp